Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos

PortuguêsEnglishFrançaisEspañolItaliano简体中文

NOTÍCIAS

Setembro 18th, 2020

Presidente da República, Filipe Nyusi, inaugurou, na manhã de hoje, as obras de reabilitação da Bacia de Dissipação da Barragem de Macarretane, na província de Gaza.

Inaugurada hoje, 18 de Setembro de 2020, as obras da Bacia de Dissipação da Barragem de Macarretane em Gaza, no Posto Administrativo de Macarretane, uma mega-infraestrutura do Vale do Limpopo de capital importância sócio-económica para a viabilidade do regadio de Chókwé, para a província de Gaza e o país, que carecia de uma intervenção urgente para evitar o seu colapso ora eminente.

A Barragem de Macarretane foi construída sobre o Rio Limpopo, nos anos 50 e nos últimos 20 anos vem sofrendo vários eventos de cheias, com destaque para as cheias catastróficas de 2000 e 2013 que afectaram gravemente a estrutura das fundações da barragem, com erosões progressivas que perigavam a estabilidade das duas pontes e comprometiam a integridade da infraestrutura em geral.

Com a reabilitação ora efectuada, está garantida a estabilidade da estrutura e o abastecimento de água a cerca de 12 mil produtores do Regadio de Chókwè. E porque a barragem construída na Bacia do Rio Limpopo comporta duas pontes, sendo uma rodoviária e outra terrestre, Filipe Nyusi destacou a importância estratégica daquela infraestrutura para a economia da província, em particular, e do país em geral.

“No ano passado, quando decidimos reabilitar esta barragem, sabíamos que se tratava de um trabalho crucial para o desenvolvimento desta região. Os distritos de Mapai, Chicualacuala e Mabalane dependem deste projecto. Por aqui passam carros e, aliás, presenciamos a passagem de um comboio, que efectivamente mostra que estamos focalizados para o bem estar das nossas comunidades e sem se esquecer que esta via permite a ligação com o Zimbabwe” – afirmou Filipe Nyusi na sua intervenção, para depois realçar a sua importância para o sector agrícola.

Estamos também numa zona altamente produtiva, que precisa ser tratada com toda a seriedade para assegurar o desenvolvimento da província de Gaza e de Moçambique em geral. Estamos satisfeitos porque esta infra-estrutura poderá garantir a irrigação entre 30 e 35 hectares de áreas de cultivo no Regadio de Chókwè. Vai também assegurar a irrigação de 19 hectares no Baixo Limpopo. Essa mesma água pode ser aproveitada para o consumo humano e do gado” – descreveu o Presidente da República.

Noutro desenvolvimento, Filipe Nyusi, falou do grande desafio da necessidade de construção da Barragem de Mapai, infraestrutura que visa garantir uma melhor gestão de dois problemas climáticos cíclicos naquela província: a seca e as cheias. “Enquanto não tivermos uma barragem em Mapai, não poderemos mitigar os efeitos desses fenómenos. Como Governo, estamos a trabalhar nesse projecto, e, na altura exacta, iremos nos pronunciar sobre o mesmo”. As obras de reabilitação da Barragem de Macarretane custaram certa de 8 milhões de dólares financiados pelo Governo, com apoio do Banco Mundial.