Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos

PortuguêsEnglishFrançaisEspañolItaliano简体中文

NOTÍCIAS

Novembro 15th, 2021

𝗖𝗢𝗡𝗦𝗧𝗥𝗨Í𝗗𝗔𝗦 𝗘 𝗘𝗡𝗧𝗥𝗘𝗚𝗨𝗘𝗦 𝗠𝗔𝗜𝗦 𝟵𝟬 𝗖𝗔𝗦𝗔𝗦 𝗡𝗢 Â𝗠𝗕𝗜𝗧𝗢 𝗗𝗔 𝗥𝗘𝗖𝗢𝗡𝗦𝗧𝗥𝗨ÇÃ𝗢 𝗣Ó𝗦-𝗖𝗜𝗖𝗟𝗢𝗡𝗘 𝗘𝗠 𝗦𝗢𝗙𝗔𝗟𝗔

Com a passagem dos ciclones Kenneth e Idai pela região centro e norte do país, muitas famílias foram afectadas, casas, infra-estruturas sociais, económicas públicas e privadas destruídas, o que colocou milhares de habitantes em sofrimento. Por isso, o Governo e seus parceiros conceberam um programa de reconstrução pós-ciclones, com o objectivo único de reerguer o país, em particular, as zonas afectadas pelas duas intempéries.

No âmbito da implementação do programa, no último sábado, 13 de Novembro, foram entregues mais (90) noventa casas do Tipo 1 evolutivas no bairro de reassentamento de Mutua e Savane, construídas com base no financiamento de parceiros através do Mecanismo de Recuperação para Moçambique implementado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento na província de Sofala.

No sector da educação, foram reconstruídas cerca de 1900 salas de aulas em todas as províncias afectadas pelos ciclones, das quais 1747 em Sofala, tendo sido entregue no mesmo dia a Escola Secundária Samora Moisés Machel, que devido a destruição, condicionou o decurso normal do ensino, o que afectou cerca de 5.914 alunos.

No momento, está em curso reabilitação da Escola Secundária de Estoril com 16 salas de aulas, estando prevista a sua conclusão para Janeiro de 2022. Em paralelo, está em processo a contratação de empreiteiro e fiscalização, para obras de reabilitação da Escola Primária Completa de Matacuane e Escola Primária Completa Agostinho Neto implementado pelo PNUD.

Segundo o Ministro das Obras Públicas Habitação e Recursos Hídricos o sector da educação é dos que “𝘢𝘱𝘳𝘦𝘴𝘦𝘯𝘵𝘢 𝘶𝘮𝘢 𝘵𝘢𝘹𝘢 𝘥𝘦 𝘮𝘰𝘣𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢çã𝘰 𝘥𝘦 𝘧𝘶𝘯𝘥𝘰𝘴 𝘮𝘢𝘪𝘴 𝘢𝘭𝘵𝘢 𝘯𝘢 𝘰𝘳𝘥𝘦𝘮 𝘥𝘦 98%, 𝘱𝘰𝘪𝘴, 𝘥𝘢 𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘜𝘚𝘋 138.5 𝘔𝘪𝘭𝘩õ𝘦𝘴, 𝘫á 𝘧𝘰𝘳𝘢𝘮 𝘤𝘰𝘯𝘧𝘪𝘳𝘮𝘢𝘥𝘰𝘴 𝘜𝘚𝘋 132.6 𝘔𝘪𝘭𝘩õ𝘦𝘴, 𝘥𝘰𝘴 𝘲𝘶𝘢𝘪𝘴, 𝘫á 𝘧𝘰𝘪 𝘥𝘪𝘴𝘱𝘰𝘯𝘪𝘣𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘰 𝘱𝘦𝘭𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘤𝘦𝘪𝘳𝘰𝘴 𝘜𝘚𝘋 94.6 𝘔𝘪𝘭𝘩õ𝘦𝘴 𝘥𝘦 𝘥ó𝘭𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢𝘴 𝘪𝘯𝘵𝘦𝘳𝘷𝘦𝘯çõ𝘦𝘴, 𝘱𝘳𝘦𝘷𝘢𝘭𝘦𝘤𝘦𝘯𝘥𝘰 𝘶𝘮 𝘥é𝘧𝘪𝘤𝘦 𝘥𝘦 𝘜𝘚𝘋 3 𝘔𝘪𝘭𝘩õ𝘦𝘴”.  

Para além de casas unifamiliares e os respectivos Títulos de Uso e Aproveitamento de Terra, DUAT, acompanhados dos projectos das casas para futuras intervenções, as noventa famílias, beneficiariam ainda de um mercado convista a reduzir a distância que estes percorriam tanto para vender como para comprar produtos para a satisfação das suas necessidades, que vezes sem conta eram feitas de baixo do sol e chuva.

João Machatine, esclareceu ainda que, embora o advento da pandemia da covid-19 o Gabinete de Reconstrução Pós-ciclone não viu paralisadas as suas actividades, por isso que no sector de Estradas e Pontes, de um total de 3.819 Km de Estradas que ficaram intransitáveis foram intervencionadas todas as secções, permitindo a reposição da transitabilidade total nas vias.

Já no sector de água e saneamento, Machatine disse que “𝘧𝘰𝘳𝘢𝘮 𝘴𝘶𝘣𝘴𝘵𝘪𝘵𝘶í𝘥𝘰𝘴 𝘤𝘦𝘳𝘤𝘢 𝘥𝘦 58 𝘬𝘮 𝘳𝘦𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘵𝘳𝘪𝘣𝘶𝘪çã𝘰 𝘦𝘮 𝘵𝘰𝘥𝘢𝘴 𝘢𝘴 𝘱𝘳𝘰𝘷í𝘯𝘤𝘪𝘢𝘴 𝘢𝘧𝘦𝘤𝘵𝘢𝘥𝘢𝘴, 𝘦 𝘱𝘦𝘳𝘴𝘱𝘦𝘤𝘵𝘪𝘷𝘢-𝘴𝘦 𝘢 𝘊𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 20 𝘧𝘶𝘳𝘰𝘴 𝘮𝘶𝘭𝘵𝘪𝘧𝘶𝘯𝘤𝘪𝘰𝘯𝘢𝘪𝘴 𝘲𝘶𝘦 𝘪𝘯𝘤𝘭𝘶𝘦𝘮 𝘣𝘦𝘣𝘦𝘥𝘰𝘶𝘳𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘈𝘯𝘪𝘮𝘢𝘪𝘴 𝘦𝘮 𝘚𝘰𝘧𝘢𝘭𝘢 𝘦 𝘔𝘢𝘯𝘪𝘤𝘢, 93 𝘧𝘶𝘳𝘰𝘴 𝘥𝘦 á𝘨𝘶𝘢 𝘦𝘮 𝘔𝘢𝘯𝘪𝘤𝘢, 17 𝘔𝘪𝘯𝘪 𝘴𝘪𝘴𝘵𝘦𝘮𝘢𝘴 𝘥𝘦 𝘢𝘣𝘢𝘴𝘵𝘦𝘤𝘪𝘮𝘦𝘯𝘵𝘰 𝘥𝘦 á𝘨𝘶𝘢 𝘮𝘶𝘭𝘵𝘪𝘶𝘴𝘰 𝘥𝘦 𝘦𝘯𝘦𝘳𝘨𝘪𝘢 𝘴𝘰𝘭𝘢𝘳, 𝘦𝘮 𝘚𝘰𝘧𝘢𝘭𝘢 𝘦 𝘔𝘢𝘯𝘪𝘤𝘢”.

Durante o evento, o Ministro das Obras Públicas habitação e Recursos Hídricos João Machatine aproveitou para apelar aos beneficiários destas infra-estruturas para o devido uso, pois, para além de terem sido construídas com vista a resistir a outros eventos cíclicos, estas obras devem ser preservadas, tornando-as a sua residência principal.