Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos

PortuguêsEnglishFrançaisEspañolItaliano简体中文

NOTÍCIAS

August 19th, 2022

INICIAM OBRAS DE REABILITAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE CAPTAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUA PARA BEIRA E DONDO

O ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Mesquita, procedeu, sexta-feira, 19 de Agosto, ao lançamento da primeira pedra para a Reabilitação e Ampliação da Estação de Captação e da Estação de Tratamento de Água de Mutua, no distrito de Dondo, província de Sofala.

Trata-se da construção de um reservatório de água com capacidade para cinco mil metros cúbicos, uma nova estação de bombagem, ligando a conduta adutora existente, assim como, a reabilitação dos edifícios existentes, e a instalação de quatro novos grupos de bombas e de filtros automáticos submersíveis.Com uma duração prevista de um ano e meio, o projecto resulta do acordo de financiamento entre o Governo de Moçambique e o Banco Mundial, no valor de cerca de 11 Milhões de dólares norte-americanos.

O empreendimento vai permitir o aumento de água, dos actuais 50 mil para 60 mil metros cúbicos, por dia, e a melhoria da eficiência no tratamento da água, bem como a redução das perdas, permitindo alcançar a meta de 80 por cento de pessoas com acesso à água até 2024. Vai, adicionalmente, garantir a geração de emprego para cerca de 400 trabalhadores nacionais durante a execução das obras.

Na ocasião, o governante referiu que, paralelamente a estas obras, estão em curso, nas cidades de Pemba, Nacala, Tete e Moatize, as obras de construção de novas estações de tratamento de água e de bombagem, centros distribuidores, de condutas adutoras e a expansão da rede de distribuição que vão contribuir para o alcance das Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os quais preconizam uma cobertura universal de água potável até 2023.

Mesquita destacou ainda que o Governo, em Maio de 2021, atraves do Conselho de Ministros aprovou o Decreto que cria 4 Sociedades Comerciais Regionais, sendo elas, Águas da Região Metropolitana de Maputo, do Sul, do Centro e do Norte S.A, com objectivo de criar um serviço de abastecimento de água sustentavel e que chegue a todos os moçambicanos bem como permitir a participação do sector privado na Operação e Gestão dos Sistemas para satisfazer as necessidades dos actuais e futuros clientes.

Por sua vez, Stella Pinto Zeca, Secretária do Estado da Provincia de Sofala, apelou ao FIPAG a necessidade de continua promoção de um serviço de abastecimento de água de qualidade, inclusivo e sustentavel para aliviar as longas caminhas e horas a procura do precioso liquido e enalteceu a importancia da implemtação do projecto de Abastecimento de Água e Apoio Institucional que tem como objectivos o aumento do volume de água produzida, a melhoria da qualidade de Água, que se resume na melhoria das condições de vida das nossas populações.

slot pulsa slot gacor